For teachers: Games and fun ideas

Hello everyone!

Since I started teaching four years ago, the first language school I used to work at required me to prepare weekly extra classes. I had some difficulties doing so as there were many different age groups in my classrooms, from 10-year-old kids to 60-year-old ladies.Of course nowadays different ESL materials and resources are found on the internet to help us, but I was looking for a different material, in which I could adapt it and turn my classes into something more dynamic. I’ve never thought I could find a book with games and fun ideas to my classes when I found the books below:

I bought only the second book – Jogos Divertidos para a sua aula de inglês Vol. 1 – but now I’m willing to buy the other ones. I have also found out Cem Aulas sem Tédio, written by Vanessa Amorin, developed for Foreign Language Teaching and another one named Teacher Tools, written by Vivian Magalhães. Unfortunately I haven’t read any of them yet. If you have, please let me know and share your opinion!

Now, let me share with you what kind of games you can find in the second book. I guess everybody knows there are several types of intelligence, right? So, all the games in the book are divided into intelligence types, such as Linguistic Intelligence, Bodily-Kinesthetic intelligence, Logical-mathematical intelligence, Spatial intelligence, Musical intelligence, Interpersonal and intra-personal intelligence.

For each game or activity, you will find the name of the activity, the topic (e.g.: Adjectives), level of students and material used. Then, you will find all the procedures of the activity. You can also adapt the topics or make some changes that you believe will be more efficient for your students.

I hope you like it!

Take care!

Dicas para iniciantes

Olá!

Acho que este post será um dos mais importantes do blog em que falarei sobre alguns passos para que os alunos consigam atingir seus objetivos. Atuando como professora de inglês há pouco mais de quatro anos em escolas de idiomas e aulas particulares, além do conhecimento da área por conta da minha graduação e pós-graduação, sempre vejo os alunos com os mesmos objetivos, porém às vezes não sabem qual caminho seguir para conseguir falar inglês. Vamos lá!

  1. Por que quero aprender inglês? Qual o meu objetivo com isso?
    Estas são as primeiras perguntas que qualquer um deve se fazer. Deve ser analisado se você realmente quer, gosta, ou precisa. Na maioria das vezes, é pura necessidade, principalmente para o trabalho. Se querem uma posição melhor ou um salário melhor, é necessário saber falar inglês e outras línguas também. O problema dessa ‘obrigação’ é que o aluno muitas vezes se sente pressionado, pois se não conseguir falar inglês em um curto prazo, poderá perder várias oportunidades de trabalho.Como vou alcançar o meu objetivo?
  2. Analise. Procure se informar sobre cursos, métodos e escolas em que você se daria bem para atingir o seu objetivo. Não pense que, caso você não saiba se comunicar em inglês, irá conseguir fazê-lo com uma viagem de intercâmbio. Você pode até se virar, mas pense bem: você quer se virar para sempre ou quer saber se comunicar bem? Saber se comunicar não significa saber todas as palavras em inglês, não mesmo. Estude primeiro, depois mude de curso se for necessário, pratique, converse com estrangeiros, escreva emails, mas continue praticando.
  3. Practice makes perfect / A prática leva à perfeição
    Pratique tudo o que aprender: escreva palavras novas em um caderno ou documento no computador; use as palavras, frases e expressões novas; faça um diário online contando sobre suas experiências diárias em inglês; utilize sites para fazer exercícios; converse com estrangeiros pela internet; veja vídeos no Youtube para praticar o listening etc. Há milhares de formas de praticar inglês. Algumas pessoas acreditam erroneamente que estudar inglês significa abrir uma gramática e ler, ou coisa do tipo. Não necessariamente. Una o útil ao agradável: ouça rádio/música em inglês, veja filmes que gosta, entrevistas, programas de TV, etc.
    Dica: clique aqui para conhecer uma rede social para praticar qualquer língua.
  4. Paciência
    Aprender qualquer língua ou atividade nova é um processo e são necessários tempo, paciência, esforço e muita prática. Não pense que existe receita pronta para isso, não existe.
  5. Mudanças
    Faça pequenas mudanças para que tenha mais contato com a língua que está aprendendo. Veja filmes, seriados, ouça música, rádio, mude a legenda do filme, evite assistir filmes dublados; mude as configurações do computador e celular etc.
  6. Mente positiva
    Se você odeia inglês e precisa aprender, estude e tente. Se você odeia inglês e não quer aprender, tente mudar a sua mente! Muitos não querem aprender o idioma e dizem que o odeiam porque simplesmente tem medo de tentar e não conseguir. Pense em algo que você achou que não ia conseguir, mas depois de muito esforço, conseguiu. E então?! Dê uma chance e tire a ideia de que ‘é muito difícil pra mim’ da sua cabeça. Além disso, com a menta negativa em uma sala de aula, você poderá desmotivar a aula, o professor e os outros que estão participando da aula.
  7. Cultura
    Saiba que a língua não são apenas palavras soltas mas tem grande relação com aspectos culturais do país, história, região etc. Portanto, pensar em língua como uma cultura é uma forma de evitar com que se tente traduzir expressões e frases prontas e não te coloque em situações constrangedoras.

Bom pessoal, essas são as dicas de hoje.

Um abraço e até breve!

Dica: Oxford Collocations Dictionary

Olá!

Durante as minhas aulas sempre comento com os meus alunos sobre collocations. O que é isso? Vamos lá. De acordo com o Longman Dictionary of Contemporary English, collocation é definido como:

the way in which some words are often used together, or a particular combination of words used in this way: ‘Commit a crime’ is a typical collocation in English.”

Já no dicionário Priberam foram encontradas três definições, sendo apenas uma a mais próxima do que estamos falando:

Ordem em que estão as coisas colocadas.”

Resumindo, collocations são combinações de palavras que sempre andam juntas, como por exemplo mundos e fundos. A expressão citada nunca será encontrada na sequência fundos e mundos, já que é uma expressão convencional.

E porque é importante saber sobre colocações na língua inglesa? Muitas colocações e expressões são relacionadas ao aspecto cultural da língua, que pode também variar de região para região, ou seja, a única forma de sabermos ‘o que é falado na vida real’ é pesquisando ou viajando para algum país de língua inglesa. Como a maioria de nós não tem condições ou simplesmente não pode fazer isso, temos que pesquisar, e foi assim que surgiram os dicionários de collocations.

Clique aqui para acessar um link com pequenas listas de collocations dos verbos mais comuns.

Onde encontrar:

O dicionário de collocations mais conhecido da Oxford está disponível para download em vários sites diferentes. Seguem links aqui e aqui, lembrando que não testei os links, pois já tenho o arquivo em PDF. Caso não consiga fazer o download, pode acessar o site online (muito mais prático!) aqui.
O dicionário também pode ser encontrado na Livraria Saraiva, Disal e SBS (provavelmente está disponível em outras livrarias também). A única desvantagem em comprar livros de idiomas é o preço, fazendo com que a maioria de nós faça o download mesmo.
Outro ponto ruim (e o único) do dicionário em si é que como a língua passa por mudanças constantes, nem sempre o dicionário continuará tão atualizado. Neste caso, uma boa ideia é utilizar corpora na aprendizagem de línguas, que irei falar em breve em outro post.

Como utilizar o site:

Basta digitar um vocábulo e o site irá apresentar todas as possibilidades que combinam com a palavra desejada. Segue exemplo com a palavra kid.

Sem título

Espero que tenham gostado das dicas.

Até breve!

The Free Dictionary – Como utilizar o site

Olá!

Primeiro post do blog e eu já vou iniciar com uma análise do site The Free Dictionary, que apesar de ser muito detalhado, vou ‘tentar’ explicar tudo o que há nele, levando em consideração que ele é um dos melhores e mais completos dicionários online (e não é só de inglês).

Resolvi analisar alguns sites, pois muitas vezes apenas os abrimos, procuramos o que queremos e não exploramos como deveríamos. Segue a interface do site e as numerações com as definições abaixo.

Print 1

Print 2

Print 3

  1. No espaço ‘buscar’ é possível digitar qualquer palavra ou expressão e ainda há quatro opções para selecionar. É possível procurar pela palavra-chave e caso seja uma expressão ou phrasal verb, por exemplo, é possível dizer se a palavra que está procurando é a primeira ou a última da expressão. Por exemplo: quero procurar phrasal verbs em que a última partícula seja ‘away’, então digito ‘away’ e clico em ‘ends with’. Portanto, aparecerá uma lista com várias possibilidades. Útil né?  Na última opção é possível encontrar a palavra-chave dentro da definição de outras palavras e expressões.
  2. Há uma lista de tipos de dicionário que são encontrados no site. Por exemplo, dicionário de sinônimos, de termos médicos, de acrônimos etc.
  3. English Language Forum é onde você pode postar dúvidas, comentar nos posts dos outros membros e interagir.
  4. A parte superior do canto direito é onde é possível se cadastrar no site. Lembrando que apenas membros do site podem participar do fórum e interagir. Clicando em uma das letras da palavra ‘t e x t’, é possível aumentar ou diminuir a fonte. Também há pequenos ícones para interagir com o site em redes sociais, como o Facebook, Twitter entre outros. Finalmente, a imagem de um cérebro só se torna completamente colorida se você utilizou bastante o site e a porcentagem ao lado da imagem também se refere a isso.
  5. Palavra do dia e informações sobre seu uso, definição, sinônimos e pronúncia no ícone de som.
  6. Bookmarks são como recursos e páginas do site que você marca como os seus favoritos. Para que isso seja feito, novamente, é preciso se cadastrar no site.
  7. Hangman é autoexplicativo, ótimo para momentos em que se quer aprender e não pensar muito! rs
  8. O Artigo do dia apresenta artigos novos diariamente sobre áreas diversas.
  9. For Surfers nos orientam em como fazer o download de aplicativos, receber emails diários do site na sua caixa de entrada entre outras coisas.
  10. Spelling Bee é um joguinho de adivinhar palavras em que é necessário selecionar o nível de dificuldade, ler as dicas e tentar descobrir a palavra. Caso erre, a resposta surgirá juntamente com sua pronúncia ao clicar no ícone de som.
  11. In The News é basicamente a mesma coisa que o Artigo do Dia, porém são notícias. Clicando em ‘More…’ o usuário será direcionado ao site original da notícia.
  12. For Webmasters oferece códigos de busca de palavras e ícones do The Free Dictionary para quem quiser colar no layout de seu site ou página na internet.
  13. Match Up é uma atividade em que o usuário deve combinar as colunas. As palavras da coluna esquerda, coloridas, devem ser sinônimos correspondentes da coluna direita.
  14. Weather mostra as míninas e máximas do dia de cada região. É possível alterar a região, mas nunca consegui mudar para o Brasil, se alguém souber me avise please!
  15. This Day in History apresenta um texto sobre um acontecimento histórico relacionado ao dia em que o usuário está lendo o site. Por exemplo, hoje é 23 de julho, então o artigo de hoje tem algo relacionado à data.
  16. Words within words é um recurso que nunca utilizei, mas pelo que consegui entender, ele apresenta uma palavra e você digita outra relacionada. Assim, surge uma lista de palavras relacionadas. Ou eu não sei utilizar ainda ou não vi o propósito do recurso. rs
    Caso alguém saiba utilizar, por favor me avise.
  17. Today’s Birthday apresenta a biografia de um aniversariante do dia.
  18. Today’s Holiday é similar ao item acima, porém não se trata necessariamente de aniversários e sim de feriados e datas importantes.
  19. Quotation of the Day apresenta frases de pessoas famosas e importantes.
  20. Horoscope permite que você escolha a data de seu nascimento e apresenta um pequeno horóscopo sobre o dia em relação ao seu signo.

Vou deixar aqui alguns print’s dos resultados de ‘blush’ no dicionário, mas não vou me prolongar em explicações, acredito que as imagens são autoexplicativas.

Print 4

Print 5Print 7Print 8Print 9

Espero que o post tenha ajudado a todos em como utilizar melhor o site.

Até breve!