A importância da lição de casa

“Putz, esqueci!”

“Desculpa, teacher. Não tive tempo essa semana.”

“Nossa, nem lembrei!”

Estas e outras são desculpas usadas por alguns alunos com frequência para não fazer a lição de casa. Bom, existem milhares de motivos para um aluno não fazer a lição de casa, mas este post não é para professores, e sim, alunos. Nós, professores, sabemos quando a lição não foi feita por falta de tempo ou problemas pessoais e quando são desculpas reais.

Infelizmente, existe a ideia de que lição de casa equivale a horas estudando livros de gramática e é algo chato. Mas não é bem assim ou pelo menos não deveria ser.

Vamos analisar a nossa realidade do ensino de língua estrangeira no Brasil. Não vivemos em um país em que a língua inglesa é a segunda língua ou é usada em alguns contextos específicos. Neste caso, sabemos que não há nenhum momento em que se possa praticar o inglês além do contexto “sala de aula” ou em alguns casos no ambiente corporativo, mas não em todos os momentos.

Levando também em conta a realidade das pessoas que buscam aprender uma outra língua, são em sua maioria pessoas que precisam fazer uma entrevista de emprego ou aprender inglês por ser um requisito de uma empresa X, e em muitos casos há pouco tempo de dedicação para ‘estudar’ inglês.

Como já disse antes aqui, todos querem aprender inglês. Porém, poucos realmente se esforçam. O que quero dizer com isso? Como em nosso país não falamos inglês temos que correr atrás do prejuízo se o nosso objetivo for aprender essa ou outras línguas.

Pense o seguinte: nascemos e desde pequenos temos contato com a nossa língua materna através dos pais, familiares, colegas etc. Por volta dos 8-10 anos, já temos um ótimo domínio da língua. Porém, uma criança com apenas 8 anos sabe todas as regras gramaticais da língua? Sabe explicar por que fala ‘assim’ e não ‘assado’ ? Com certeza não. Mas sabe falar! Caso queiram saber mais sobre a gramática universal, teoria de Chomsky, assistam um vídeo explicativo clicando aqui.

Isso não significa que temos que aprender inglês ou outras línguas dessa mesma forma, mas antes de falarmos, temos que ouvir!

Voltando ao assunto lição de casa. O que é isso? Apenas um nome criado para uma tarefa em que o professor precisa ter certeza que seu aluno irá ter contato com o idioma enquanto não estiver em aula. Seja para rever um tópico já apresentado ou ver um vídeo, ouvir uma entrevista, etc. Qual o objetivo disso? Fazer com o que o aluno tenha mais contato com a língua.

Quando temos muito contato com a língua, seja através de filmes, legendas, músicas, séries ou notícias, estamos nos acostumando com a língua. Por experiência própria, aprendi muitas frases fixas da língua inglesa como “Sure“, “Of course“, “Are you kidding me?” entre outras, apenas através de filmes e associações.

Ou seja, aprendemos muito fora das aulas. Por outro lado, algumas pessoas acreditam que o inglês é um produto ao dizer ao professor: “Preciso do inglês para daqui dois meses, pode ser?”, como se o inglês fosse um produto. Todo processo de aprendizagem depende de vários fatores tais como: tempo de dedicação, idade, objetivos, número de aulas por semana e interesse. Me desculpem, mas não existe milagre ou receita pronta para isso.

Para concluir: já que não vivemos em um lugar onde se aprende inglês e pode-se praticá-lo em situações cotidianas, pratiquem da melhor forma: assistam vídeos, leiam notícias, usem aplicativos, conversem com pessoas de outros países, mas façam algo. As lições de casa são para vocês, alunos, e não para o professor.

Remember that practice makes perfect!

Cheers!

Anúncios

Dica: Aplicativos para aprender inglês

Hey!

Já fiz um post sobre sites para aprender inglês (que terá a parte 2), mas hoje vou falar brevemente sobre alguns aplicativos interessantes para que se possa aprender, revisar e ter sempre contato com a língua inglesa. Vale lembrar que neste post vou descrever os aplicativos brevemente e irei detalhar alguns em posts futuros.

  1. Duo Lingo

Acredito que este seja um dos aplicativos mais conhecidos. É um aplicativo dinâmico mas ao mesmo tempo tem foco em repetição: ouvir e repetir, ler e escolher a tradução, ler e escrever a tradução etc. Por conta disso, torna-se um pouco cansativo porém com a repetição, estruturas e vocabulário serão memorizados rapidamente. Conforme você passa de níveis, os novos tópicos a serem estudados são desbloqueados. Você também tem a opção de escolher uma meta por dia: quanto tempo pretende estudar inglês. E no caso de já ter um bom conhecimento na língua é possível “pegar atalhos” e começar as atividades mais avançadas.

2. Lingua Leo 

O Lingua Leo tem a mesma função do aplicativo acima, porém tem uma interface um pouco diferente. Você pode escolher os tópicos que quiser aprender, ler textos de diferentes níveis, ver a tradução de palavras desconhecidas e adicioná-las a um dicionário seu. Como o Duo Lingo, este aplicativo também faz muito uso de imagens e associações. Alguns items são disponíveis apenas para quem usa a versão paga, que vale super a pena. Na seção “Vocabulário” existem vários assuntos, até sobre áreas como TI, Medicina e Finanças além dos mais comuns como Profissões, Animais etc.

3. Hello Talk

Assim como no site Interpals, o Hello Talk foi criado com a mesma função. Hoje em dia é muito mais prático enviar mensagens instantâneas por meio de aplicativos pelo celular em vez do computador. Você deve selecionar sua língua nativa, a(s) língua(s) em que é fluente e quais línguas quer aprender. Desta forma, você encontra contatos com perfis similares e assim podem conversar por mensagem de texto ou voz e praticar, aprender ou ensinar línguas.

Espero que este post tenha sido útil.

Cheers!

Dica: sites para estudar inglês sozinho! (parte 1)

Hey!

Hoje irei mostrar alguns sites que são ótimos para aprender/ estudar inglês sozinho. Caso você, aluno, tenha um professor para ter uma orientação, será melhor ainda. De qualquer forma irei deixar uma breve explicação de como cada site funciona e como usá-los da melhor forma. Mas lembrem-se: nenhum site ou exercício é suficiente para aprender inglês ‘mais rápido’. Isso só acontece de acordo com o esforço de cada um.

WomanLaptop

  • English Experts
    É um dos melhores sites na minha opinião para quem estuda por conta própria. Você pode se cadastrar e interagir no fórum compartilhando informações ou tirando dúvidas. Além disso, sabe aquelas expressões ou frases prontas em inglês que não sabemos? Muitas vezes é fácil de encontrá-las neste site.
  • Tecla Sap
    Este site é muito parecido com o acima. Um ponto muito interessante é que sempre há posts relacionados a dúvidas como por exemplo: “Qual a diferença entre x e y?” entre outros tópicos interessantes. Também há e-books e um item interessante chamando ‘textos mastigados’ que é legal para aprender novo vocabulário.
  • Ted
    Este site não é necessariamente sobre aprender inglês porém existem milhares de palestras em vídeos sobre diversos assuntos. É possível praticar listening, ler o transcript, lidar com língua real, usada no dia a dia e também é possível fazer o download tanto do vídeo quanto apenas do áudio. Dica: baixar os áudios e ouvir no celular ou no carro é uma forma de ouvir inglês diariamente.
  • News In Levels
    Utilizo muito este site com os meus alunos. É um site de notícias para pessoas que estão aprendendo inglês e portanto as notícias são adaptadas em três níveis, sendo o último nível o texto/áudio original. Existem várias maneiras de utilizar o site e abaixo de cada notícia há algumas instruções tanto para professores quanto para pessoas que estudam inglês sem a ajuda de um professor.
  • Simple English News
    Parecido com o site acima, porém as notícias não são divididas por níveis e sim por temas. São bem interessantes e em sua maioria são curtas e algumas contém áudio e lista de vocabulário com definições em inglês. Existem mais alguns outros recursos porém ainda não verifiquei tudo. Mesmo para aqueles que não gostam muito de ler, vale a pena tentar, a linguagem é fácil mas ao mesmo tempo é relevante e não custa nada ler um pequeno texto no horário de almoço ou quando não há nada para fazer, não é mesmo?
  • Breaking News English
    Assim como os dois sites anteriores, este site contém notícias em mais de três níveis, áudio e vários exercícios, desde os gramaticais até os mais comunicativos. É uma ótima opção para professores que querem usar textos autênticos em suas aulas. O aluno pode imprimir e fazer os exercícios aos poucos.

Espero que as dicas sem úteis e logo trarei mais sites interessantes no aprendizado do inglês.

Até mais!

Aulas via Skype realmente funcionam? Veja seus benefícios!

Olá!

Todos sabemos que hoje em dia é muito difícil termos tempo para fazer tudo o que precisamos e queremos: trabalho, faculdade, casa, filhos, problemas etc. Por conta disso, muitas pessoas utilizam a internet para fazer várias coisas que antes faziam presencialmente, simplesmente por conta de tempo: pagar contas pela internet, fazer compras online, estudar, entre outras coisas. Estudar inglês é uma dessas coisas, pois hoje qualquer um pode acessar a internet e buscar conhecimento, com ou sem um professor para mediar esse processo. Não apenas o idioma inglês, mas outros idiomas e outros cursos, palestras e conferências são feitas online por sua praticidade e comodidade.

Ok, tudo é lindo e maravilhoso, porém nem todos acham isso. Resolvi fazer este post para falar um pouco sobre os benefícios de se ter aulas via skype, pois infelizmente muitas pessoas ainda acreditam que uma boa aula só acontece presencialmente, o que é uma ideia errônea. Nos dias atuais, não existe mais aquele professor que passa o conhecimento e sim o que media o conhecimento e analisa as formas em que o aluno aprende melhor e relaciona o seu aprendizado com a sua vida e interesses pessoais, para que isso seja significativo para o aluno. A ideia de que aprendemos apenas dentro de uma sala de aula não existe mais e levando em consideração a rotina que temos hoje, a aula online só traz benefícios. Vamos ver alguns exemplos:

Mac-Skype

  • Não há deslocamento, trânsito, gasto com transporte, gasolina, sapatos e roupas;
  • Basta um computador com webcam, microfone e uma conexão de internet boa;
  • Há bastante foco sem perda de tempo: o aluno pode chegar tarde em casa e é só ligar o computador e já pode começar a aula, sem se preocupar em se trocar e se preparar para sair ou para a chegada do professor;
  • Não se perde tempo com saudações (abrir o portão, beber água, conversar sobre outros assuntos fora da aula) e nem com despedidas;
  • Há comodidade: as aulas são feitas sem que se deva sair de sua residência. Caso o aluno tenha que viajar, poderá continuar com as aulas de qualquer lugar do mundo;
  • Há maior interação com recursos online, facilitando o aprendizado;
  • Ao acabar a aula, o aluno já está em casa e pode se programar para fazer o resto de suas atividades a tempo.

Essas são as maiores vantagens em se ter aulas online levando em conta a correria que vivemos hoje em dia. Espero que tenham gostado!

Cheers!

Como melhorar o meu “reading”?

Olá pessoal!

Fiz um post anteriormente sobre dicas de como melhorar o listening, então vamos para o reading hoje, lembrando que são apenas algumas dicas que podem ajudá-los, porém, se necessário, é interessante ter um professor ou alguém para orientá-los para que as estratégias de reading sejam melhor utilizadas.

Young-Man-Reading-a-Book1

  • A pressa é a inimiga da perfeição
    E é mesmo! De acordo com a minha experiência, sempre vejo alunos lendo um texto e querendo entender exatamente tudo: não o conteúdo e sim todas as palavras. Se você quer aprender a ler em inglês, esqueça a ideia de que deve entender todas as palavras, pois isso só vai fazer com que você tenha que perder tempo usando o dicionário a todo momento, fazendo com que desista do texto. Portanto, leia a primeira vez apenas focando nas palavras que já sabe, tente entender a ideia principal do texto e em seguida, se achar interessante, grife as palavras que não sabe para só depois procurá-las no dicionário. 
  • Escolha o nível adequado
    Quando começar a ler algo em inglês, procure por readers (livros de histórias em inglês com vocabulário simplificado) de acordo com o seu nível ou então com um nível menor do seu entendimento da língua. Essa é uma das características do extensive reading, que se refere a ler vários materiais em grandes quantidades, melhorando vocabulário, spelling entre várias outras coisas. Mesmo que tenha que ler um reader um pouco mais infantil, não se preocupe, pois se o seu objetivo é ler em inglês e você não tem experiência nisso, não poderá começar com textos tão autênticos.
  • Use as estratégias corretas
    Existem várias estratégias utilizadas no reading para que você consiga atingir o seu objetivo. Por exemplo, se você está lendo um romance ou um livro de seu interesse na sua própria língua, irá ler por prazer, sem se preocupar com tempo e vocabulário. Já em uma situação de teste de proficiência em inglês, por exemplo, ou uma entrevista de emprego, será necessário utilizar estratégias para que consiga atingir o objetivo da prova e utilizar menos tempo possível.
    OBS: No caso de testes de proficiência da Cambridge, por exemplo, dê uma olhada nos sample tests aqui para ter uma ideia de como a prova de reading funciona.
  • Estratégias Básicas
  • Use o seu background knowledge, isto é, ao começar a ler, analise o título, do que o texto se trata, e automaticamente você irá acessar informações no seu cérebro sobre o que já sabe sobre o assunto. Isso irá te ajudar a supor possíveis informações que irão aparecer no texto.
  • Predicting: Sabendo que o texto se trata de “boas maneiras ao utilizar o celular”, pense em que tipo de informação virá no decorrer do texto. Por exemplo: quais são as boas maneiras, em que lugares é proibido o uso do celular; o que podemos fazer para evitar constrangimentos etc. Desta forma, você irá entender o conteúdo e poderá ‘passar’ por palavras que não entende, mas deduzir o seu significado de acordo com o contexto.
  • Leia com calma, (quando a situação permitir) pois muitas vezes no desespero acabamos lendo e interpretando o texto da forma errada.
  • Resuma o texto em poucas frases com as ideias principais.
  • Faça perguntas a si mesmo afim de esclarecer possíveis partes do texto.

Espero que as dicas sejam úteis!

Até mais.

For Teachers: Useful websites

Hey!

Today I’m gonna share with you teachers some websites and online resources that I usually use to prepare classes, as I’m currently a private teacher and I always make use of ESL websites. They are extremely helpful and the best thing is: you can (and should) be creative and use many different techniques to teach a lesson. For instance, if you find an online podcast, you won’t ask students just to listen to it and tell you what they could grasp. You can go further than that and teach specific grammar topics, prepare a conversation class and several other things. Just be creative and think about what you would like to do in that activity if you were the student 🙂

teachers-with-computer-backgrounds-wallpapers

  • Busy Teacher
    I would say this is a card up our sleeve! You just have to register and it’s done. When you have to teach something in a more fun way, such as a game or when you have no idea how to make it more dynamic, you can download files from this website by looking for the topic you want. 
  • ESLPOD
    This is an ESL podcast website developed exclusively for ESL/EFL learners. You will find the audio file, the transcript, some words in bold in order to work with vocabulary and many other stuff.
  • VOA
    If you enjoy working with news in class, this is a complete website with lots of resources: audio files, transcripts, videos with idioms and expressions, quizzes etc.
  • Pearson ELT
    This website provides us with several kinds of teachers’ resources, such as PDF lessons, guidelines according to topics that will be taught and so on and so forth. It’s necessary to register first.
  • Engvid
    Probably all of you have already checked this website because of the Youtube channel. Sometimes, having students listen to a long grammar explanation is not always effective. Try out these videos and have fun! Also, there are quizzes and other resources on the website.

I hope you like it!

Thesaurus – Como utilizar o site

Olá!

Neste post irei explicar como utilizar o site Thesaurus da melhor forma, principalmente para alunos.

Sem título

2

Antes de iniciar, gostaria de deixar claro que o Thesaurus.com (entre vários outros sites) faz parte do site Dictionary.com, porém nunca explorei tanto todos os sites para poder falar melhor sobre cada um, portanto darei uma breve definição e irei explicar como todos podem utilizá-lo da melhor forma.

Falando sobre aumento de vocabulário, o site Thesaurus é muito interessante no sentido de que é um dicionário de sinônimos, ou seja, ao digitar uma palavra, aparecerão sinônimos (desde os mais relevantes até os menos), antônimos, verbos, substantivos, adjetivos etc. Haverá também logo abaixo mais uma lista de palavras relacionadas, phrasal verbs e também a pronúncia de cada palavra.

Captura de tela 2014-08-13 14.00.07

Então fica claro que, ao utilizar o site buscando sinônimos e antônimos, aumentamos o nosso vocabulário. Porém, não basta simplesmente substituirmos, por exemplo, a palavra useful por profitable em uma frase. Learners: não pensem que, pelo fato de serem sinônimos, a palavra profitable se encaixa no mesmo contexto que useful. Vou ser mais prática: vamos analisar um estrangeiro aprendendo a língua portuguesa. Ele segue o mesmo raciocínio dos sinônimos e forma a seguinte frase: “Vou ao banheiro executar xixi”. Eu sei, é um exemplo bem exagerado, mas é baseado na diferença das palavras acima. Ambas as palavras fazer e executar tem significados semelhantes, porém são usados em situações distintas.

Portanto, segue uma dica: utilize dicionários inglês/inglês o máximo que puder. Além de evitar ler traduções, você irá aumentar o seu vocabulário, ver a palavra procurada em diversos contextos e principalmente, saber se a palavra X é usada em situações mais formais, informais etc.

Como vocês podem ver, existem várias outras ferramentas interessantes no sites como: Word of the day, Grammar guide, Familiar Phrases, Diversions etc.

I hope you like it!